Sábado, 26 de setembro de 2020 hh:mm:ss

Alagoinha define Uilas prefeito e vice Maurílio, como chapa governista de pré-candidatos à prefeitura da cidade. Oposição ainda não tem nomes…

Uilas (prefeito) com vice Maurílio deve ser a chapa governista na eleição de novembro. Oposição ainda nem definiu nomes.

Publicado em 16 de agosto de 2020 às 20:49
Atualizado há 1 mês
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER EM PDF LEVE

       Grupo unido e eleição fácil. É assim como observadores da política regional veem o cenário sucessivo nas eleições de 15 de novembro em Alagoinha, município do Agreste de Pernambuco. O atual prefeito Uilas Leal (PSB) terá como vice na chapa o ex-prefeito Maurílio Almeida, um apoio para sua reeleição.

       Maurílio será o vice e já está altamente integrado à pré-campanha majoritária, mas também organiza a eleição do filho, Thiago Almeida, que é pré-candidato a vereador.

       A chapa majoritária pura (PSB) mostra a união do grupo governista em Alagoinha.

       Já a oposição patina e tenta arrumar um nome para concorrer com a chapa Uilas/Maurílio. O engenheiro Ica Balbina (PMDB) foi candidato em 2016, mas dá sinais que não vai correr nas eleições desse ano. O nome do ex-vereador Tião Galindo vinha sendo cogitado, mas ele teria dado entrevista numa rádio local negando que fosse o pré-candidato da oposição.  

       Uilas Leal conta com outro apoio gigantesco: o do deputado federal e pré-candidato a prefeito do Recife, João Campos, que é seu forte aliado e já visitou Uilas diversas vezes.  

       Para a oposição, o cenário ainda está incerto na cidade. Deve começar a ficar mais claro até os dias próximos às convenções. Quando a Oposição de Alagoinha anunciar seu pré-candidato, o site também vai publicar reportagem sobre o nome escolhido.

UILAS, DE ASSESSOR A GRANDE LÍDER

       Uilas Leal se tornou um dos prefeitos mais jovens do interior de Pernambuco em 2016. De lá até aqui, faz um ótimo trabalho, atravessando crises, aplicando bem os recursos e conseguindo resolver o problema hídrico de Alagoinha.

       Além de inaugurar a chegada da água da transposição do Rio São Francisco para Alagoinha, o prefeito conseguiu rede de abastecimentos para algumas localidades. Acertou em muitos quesitos, como construção de praças, implantação de políticas públicas, intervenções de Assistência Social, Educação, Saúde e centenas de ações já implementadas na atual gestão.

        Mas, o que leva em conta é a capacidade de um prefeito se reeleger. Em síntese, um bom administrador consegue a reeleição, mas deve fazer o dever de casa, ou seja, resumir seu governo no tripé de gestão que é composto por: relação política do gestor com a população, a qualidade dos serviços públicos prestados e a eficiência da comunicação. Uilas fez tudo isso.

       Agora não só surge como o melhor nome para encabeçar o grupo político nas eleições de 2020, mas consolida de vez seu nome como nova liderança política.

Voltar ao topo