Sábado, 13 de abril de 2024 hh:mm:ss

ALEXANDRE GUEDES: Rumo à África do Sul, Rumo à Igualdade Racial

Advogado Pesqueiranse ganha bolsa para curso em Johannesburg na Universidade de Witwatersrand, seguindo os passos de Mandela

Publicado em 16 de fevereiro de 2024 às 14:11
Atualizado há 2 meses

PESQUEIRA (PE) – Na busca incansável por um mundo mais justo e igualitário, o advogado Pesqueiranse Alexandre Guedes, conhecido carinhosamente como Alexandre Negão por sua militância e engajamento na luta pela igualdade racial, está prestes a embarcar em uma jornada transformadora.

        Guedes, especialista em Direitos Humanos pela UFPE, conquistou uma bolsa para participar de um curso de aperfeiçoamento em políticas de igualdade racial na renomada Universidade de Witwatersrand, em Johannesburg, África do Sul.

        A escolha do destino não poderia ser mais emblemática. Johannesburg, cidade onde o líder icônico Nelson Mandela estudou direito, é um epicentro histórico na batalha contra o apartheid e na promoção da igualdade racial. Para Guedes, esta oportunidade representa muito mais do que um curso acadêmico; é uma chance de mergulhar nas raízes de um dos períodos mais sombrios da história recente e aprender com os ensinamentos e legado deixados por Mandela.

        Ao comentar sobre essa emocionante oportunidade, Guedes compartilha sua admiração por Mandela, descrevendo-o como um ícone e um Nobel da Paz que dedicou sua vida à luta contra a injustiça e a segregação. “É um momento gigante para mim estar no centro acadêmico onde Mandela se graduou, estudando o curso no qual sou especialista, o direito”, diz Guedes com entusiasmo.

        No entanto, antes de iniciar essa jornada inspiradora, Guedes enfrentará desafios burocráticos, incluindo o processo de obtenção de visto. Para ajudar nessa missão, o Ministério da Igualdade Racial (MiR) está se comprometendo a custear 30% da ajuda de custo, demonstrando apoio e reconhecimento à dedicação e compromisso de Guedes com a causa da igualdade racial.

        Alexandre Guedes não é apenas um advogado, é um ativista político apaixonado e dedicado à luta pelos direitos humanos e pela igualdade racial. Sua jornada para Johannesburg não é apenas uma viagem física, mas uma jornada de autodescoberta, aprendizado e empoderamento.

        Enquanto ele se prepara para embarcar no segundo semestre de 2024, o mundo aguarda ansiosamente para testemunhar o impacto positivo que ele trará de volta à sua comunidade e além, inspirando outros a seguirem seus passos rumo a um futuro mais inclusivo e justo.

        “Uma excepcional oportunidade de entender o apartheid como instrumento perverso de segregação e como Madiba (Mandela) atuou como presidente eleito em políticas públicas contra o regime de segregação”, disse Alexandre.

Voltar ao topo