Voltar ao topo

FLÁVIO J JARDIM - NOTÍCIA VERDADE

Corpo de Bombeiros e Policiais militares começam buscas a índio Xukuru

Corpo de Bombeiros e Policiais militares começam buscas a índio Xukuru
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Corpo de Bombeiros e Policiais militares começam buscas a índio Xukuru. Cães farejadores e mergulhadores estão em Pesqueira. O indígena está desaparecido na mata, mas a procura incluiu barragem de Santana, no território indígena.

Corpo de Bombeiros e Policiais militares começam buscas a índio Xukuru

BOMBEIROS DE PESQUEIRA E CARUARU ESTÃO ENVOLVIDOS NAS BUSCAS DO ÍNDIO XUKURU, QUE DESAPARECEU NA MATA.

 

      Cães farejadores e mergulhadores, uma guarnição do Corpo de Bombeiros e policiais militares. Todo esse aparato está envolvido nas buscas do índio xukuru José Cícero Salustiano das Montanhas, 49 anos, que está desaparecido desde a madrugada de quarta-feira (18 de setembro), no território indígena, em Pesqueira.

      Familiares dizem que o índio está em estado de depressão e saiu correndo, transtornado pela mata. O fato ocorreu às 4h30 da manhã dessa quarta-feira, quando foi a última vez que seus familiares o viram.

      A filha do índio, Jaciara, procurou a prefeita de Pesqueira Maria José para pedir apoio, que prontamente manteve contato com o Corpo de Bombeiros. Jacira disse ainda que já havia procurado nos hospitais e na delegacia de Pesqueira, porém não conseguiu nenhuma informação sobre o pai.

      Um integrante do Corpo de Bombeiros informou agora à noite que foi gerada uma ocorrência e que uma equipe de salvamento foi acionada. As buscas começaram no início da noite. Cães farejadores e mergulhadores estão envolvidos nas buscas.

      Uma guarnição do Corpo de Bombeiros com três integrantes e policiais militares ajudam nas buscas. Os próprios índios também estão ajudando na procura do índio. Uma peça de roupa do indígena foi encontrada próximo à barragem de Santana, na área indígena. O Corpo de Bombeiros trabalha com várias hipóteses, inclusive afogamento. Vale repetir que o índio sofre de depressão e a família teme que ele atente contra a própria vida.

      Outras informações a qualquer momento.

Publicado por
em

Deixe seu comentário Sua opinião é muito importante!

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados