Voltar ao topo

FLÁVIO J JARDIM - NOTÍCIA VERDADE

Fogos de artifício com barulho podem ser proibidos em Pesqueira.

Fogos de artifício com barulho podem ser proibidos em Pesqueira.
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Fogos de artifício com barulho podem ser proibidos em Pesqueira. Projeto que proíbe fogos de artifício com ruído poderá ser votado na Câmara de Pesqueira. Multas estão previstas.

Fogos de artifício com barulho podem ser proibidos em Pesqueira.

Fogos de artifício com barulho podem ser proibidos em Pesqueira.

      A Câmara de Vereadores de Pesqueira pode votar, nas próximas sessões, o Projeto de Lei da vereadora Valéria Alves, que prevê a proibição de fogos de artifício com ruído nos limites do município de Pesqueira, agreste de Pernambuco.

      O projeto só vira Lei depois de passar nas comissões e ser apreciado em plenário, além da sanção da prefeita. A vereadora justifica e diz que o projeto foi idealizado visando o bem-estar dos idosos, enfermos, crianças e animais que sofrem com o barulho do estampido dos artefatos.

      “O barulho de fogos destes artefatos causa muitos transtornos a pessoas portadoras de autismo, a crianças, idosos, enfermos e também aos animais”, destaca.

      Os espetáculos de luzes, segunda ela, “são lindos e devem seguir existindo, mas com fogos de artifício silenciosos, sem o ruído que causa tantos prejuízos”, explica Valéria.

      Segundo o pré-projeto, pode-se proibir o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos de estampidos e de artifícios, assim como de quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso em Pesqueira.

      A medida prevê multa a quem infringir a lei. Algumas cidades do Sudeste do país, principalmente nos estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul, já possuem lei municipal proibindo fogos com ruído.

 

AUTISMO

 

      Segundo a vereadora Valéria Alves, pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) são extremamente sensíveis a sons e podem ter “dificuldade na interpretação de informações sensoriais recebidas”, o que acarreta ansiedade e medo.

      Além disso, dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que milhares de pessoas são internadas anualmente para tratamento devido a acidentes com fogos de artifício. “A poluição sonora provocada pelos fogos de artifício também causa perturbação a pacientes de clínicas e hospitais, acarretando risco à vida humana”, completa Valéria.

 

PROTEÇÃO DOS ANIMAIS

 

      Defensora dos animais, e marcada pelo grande apoio aos bichos de estimação na cidade, a vereadora Valéria afirma que “quem possui animais é testemunha do terror que os fogos de estampidos e de artifícios representam aos pets”.

      “Os bichos de estimação, principalmente cães, gatos e aves possuem o aparelho auditivo muito sensível e são passíveis de estresse. Podem sofrer paradas cardiorrespiratórias, convulsões e diversos problemas de saúde”.

      A vereadora Valéria diz, categoricamente, que o projeto não tem a finalidade de acabar com a cultura dos espetáculos e festejos, apenas visa proibir que sejam utilizados artefatos que causem barulhos, estampidos e explosões, o que traz prejuízos à vida humana e animal.

Fogos de artifício com barulho podem ser proibidos em Pesqueira.

 

Publicado por
em

Deixe seu comentário Sua opinião é muito importante!

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados