Voltar ao topo

FLÁVIO J JARDIM - NOTÍCIA VERDADE

Médico cubano trabalha como balconista na Farmácia Modelo, em Pesqueira

Médico cubano trabalha como balconista na Farmácia Modelo, em Pesqueira
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Médico cubano trabalha como balconista na Farmácia Modelo, em Pesqueira. Fora do Mais Médicos, Danny Rivera Ramirez sonha em voltar ao programa e fazer o Revalida.

Médico cubano trabalha como balconista na Farmácia Modelo, em Pesqueira

       Com 36 anos de idade, diploma de clínica-geral com especialidade em Atenção Básica nas mãos, o médico Danny Rivera Ramirez atualmente trabalha como balconista da Farmácia Modelo, em Pesqueira.

       Depois que saiu do Programa Mais Médicos, no final do ano passado, quando o governo federal encerrou a parceria com a Organização Panamericana de Saúde (Opas), Danny foi à procura de emprego, por que precisava trabalhar.

       Ele falou com o empresário pesqueirense Osmano Vieira (Gury), que de pronto deu uma oportunidade ao cubano. O médico tem carteira assinada, está legalizado no Brasil e tem um sonho: voltar a clinicar. Para isso, precisa fazer o Revalida, mas não sabe ao certo quando vai haver nova prova.

        O Exame Nacional de Revalidação de Diplomas (Revalida) é uma prova criada pelos ministérios da Educação e da Saúde para simplificar o processo de reconhecimento de diplomas de medicina emitidos por instituições de ensino estrangeiras. Para atuar como médico no Brasil, o estudante formado no exterior precisa fazer o reconhecimento do seu diploma para só depois solicitar ao Conselho Regional de Medicina a autorização para trabalhar.

       A primeira edição do Revalida foi em 2010, como projeto piloto, e o exame tornou-se oficial a partir de 2011. Agora, o Governo Federal estuda mudanças no Revalida e ainda não existem datas para novas provas.

       Danny não reclama do novo emprego. Diz que “É a vida... Tive que procurar emprego e todo trabalho é digno”. Segundo ele, muitas pessoas acham estanho o fato dele ser médico e trabalhar numa farmácia, mas ele explica que a paralisação do programa “afetou a todos médicos cubanos”.

       Legalmente, os cubanos que não fizeram o Revalida não podem exercer a profissão. Não podem fazer consultas, nem receitar remédios. Atualmente, o médico Danny mora na Rua Paes Barreto, em Pesqueira, e vai trabalhar normalmente até conseguir voltar ao consultório.

       No Mais Médicos, ele atuava na área indígena Xukuru e é considerado um dos melhores profissionais que vieram trabalhar em Pesqueira. “Não tenho o que dizer por que é uma política de Governo. Eles definiram assim e nós, médicos, não podemos ir de encontro a Lei”, explica.

 

CUBA

 

       Danny diz categoricamente que Cuba tem uma da melhores medicinas do mundo, mas sofre com a falta de tecnologias devido aos embargos dos EUA. Ele estudou 8 anos para adquirir o diploma (seis anos + 2 de residência), diz que a Educação Superior cubana é gratuita e forma ótimos profissionais, e mantém o sonho de voltar a clinicar em Pesqueira.

       O médico Danny defende o Programa Mais Médicos e disse que os resultados para a população foram excelentes, principalmente para as famílias mais carentes. “A Saúde Brasileira melhorou muito depois da chegada dos médicos cubanos. Sinto saudade de atender a população de Pesqueira”, finaliza.

Publicado por
em

Deixe seu comentário Sua opinião é muito importante!

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados