Voltar ao topo

FLÁVIO J JARDIM - NOTÍCIA VERDADE

Poção celebra 30 anos da morte do Frei Henrique Bröker, criador do Cruzeiro de Poção

Poção celebra 30 anos da morte do Frei Henrique Bröker, criador do Cruzeiro de Poção
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Poção celebra 30 anos da morte do Frei Henrique Bröker, criador do Cruzeiro de Poção. Prefeito Merson participou de missa

Poção celebra 30 anos da morte do Frei Henrique Bröker, criador do Cruzeiro de Poção

 

Poção celebra 30 anos da morte do Frei Henrique Bröker, criador do Cruzeiro de Poção

Poção celebra 30 anos da morte do Frei Henrique Bröker, criador do Cruzeiro de Poção

      O dia 13 de novembro é de celebração em Poção. Lembra-se a morte do Frei Henrique Bröker, talvez o maior dos expoentes da cidade, que criou o Cruzeiro de Poção.

      Nesta terça-feira (13), o prefeito Merson, ao lado de sua família e de vários integrantes do Governo Municipal, visitou e participou da missa em homenagem aos 30 anos de falecimento do Frei Henrique Bröker, “um dos maiores benfeitores que passou por nossa Poção, deixando um grande patrimônio para o nosso Munícipio, o nosso Cruzeiro. Motivo de orgulho para nós Poçaoenses. Muito obrigado Frei Henrique por tudo que realizou em nossa cidade”, destacou o prefeito Merson.

 

HISTÓRIA

 

      Em 1960, vindo da cidade de Mossoró (RN), tomou posse da paróquia de Nossa Senhora das Dores o frade alemão Frei Henrique Bröker, que a 13 de junho de 1961 mandou murar de pedra e tijolos os três hectares onde se localiza o santuário, assim dando início a obras sociais e culturais (Centro de Instrução Bíblico Visual - PRESÉPIO - CRUZ - TABERNÁCULO) conhecido por Cruzeiro de Poção.

      Passaram-se dez anos e a obra estava praticamente concluída com recursos oriundos da Alemanha, mais precisamente da família, dos parentes e amigos benfeitores de seu idealizador. Conta a história que quando chegou em Poção, Frei Henrique olhou para o monte e disse: “Aqui realizarei os meus sonhos”.

      Em 1962, o precursor da obra passou suas ideias ao pintor Frugel, também alemão, e este elaborou estampas retratando cenas bíblicas. Elas foram enviadas a São Paulo ao escultor Edgar Martins Bender, que as transformou em estátuas e painéis de tamanho natural que enobrece uma obra ímpar no Mundo.

      O Centro Bíblico Visual atrai turistas religiosos e reúne mais de 50 mil pessoas no Domingo de Ramos todos os anos no Cruzeiro de Poção. Embora o Frade fosse avesso ao turismo e tenha espalhado alguns avisos nesse sentido dentro do centro, não há como não se encantar com a beleza do lugar. De propriedade da Igreja Católica, o lugar sobrevive com a taxa simbólica de manutenção cobrada aos visitantes.

      Repleta de imagens que retratam passagens bíblicas, a área tem mais de 2.500 metros quadrados e muita vegetação reservada, conferindo uma beleza especial e um convite à contemplação e meditação.

      Em 2007, o Cruzeiro de Poção chegou a ser finalista para o título de uma das 7 maravilhas de Pernambuco, numa consulta realizada pelo sistema Jornal do Commercio aos pernambucanos.

Poção celebra 30 anos da morte do Frei Henrique Bröker, criador do Cruzeiro de Poção 

Museu Frei Henrique Bröker

 

      A paróquia de Nossa Senhora das Dores, de Poção (Pernambuco), mantém nas proximidades do Cruzeiro de Poção uma residência paroquial que funciona como museu do Frei Henrique Bröker, construtor do Cruzeiro de Poção. O museu possui móveis, roupas, discoteca, fotografias, cartas de correspondência, objetos sacros, jornais com registros da construção do Cruzeiro de Poção além de outros objetos pessoais do Frade.

      O museu não possui horários fixos de funcionamento e a permissão da entrada fica sujeita a aceitação da paróquia. O local é um marco importante para o resgate da história do município, visto que o Frei Henrique Bröker foi uma personalidade marcante para religiosos e populares da região, deixando grandes legados, como o próprio Cruzeiro de Poção, as bases que fundamentaram o “Domingo de Ramos de Poção”, tido como um dos maiores eventos religiosos do estado de Pernambuco, atraindo milhares de romeiros e turistas todos os anos.

      O frei Henrique concebeu ainda em Poção a manifestação cultural do “Bailado”, que é composto por crianças que dançam e cantam numa espécie de “ciranda” todos os anos na noite de Natal. Esse tipo expressão contém vestes e acessórios específicos para essa manifestação, além da própria influencia alemã do Frei Henrique nas canções e gestos, que na época se utilizava de violoncelo e violão nessas apresentações.

      Além disso, a influência do Frei Henrique se estende aos trabalhos humanitários e sociais realizados na evangelização, como doações de camas, colchões, cestas básicas e até casas para as famigerados da seca e da pobreza. Por possuir graduação em engenharia civil, coordenou a construção de várias residências e da Vila do Cruzeiro, com recursos advindos de doações de amigos e parentes, do Brasil e da Alemanha, sua terra natal.

 Poção celebra 30 anos da morte do Frei Henrique Bröker, criador do Cruzeiro de Poção

Publicado por
em

Deixe seu comentário Sua opinião é muito importante!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados