Voltar ao topo

FLÁVIO J JARDIM - NOTÍCIA VERDADE

Professor pesqueirense conquista prêmio inédito da Academia Pernambucana de Letras.

Professor pesqueirense conquista prêmio inédito da Academia Pernambucana de Letras.
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Professor pesqueirense conquista prêmio inédito da Academia Pernambucana de Letras. Carlos Henrique Cabral é professor do IFPE Olinda. Cerimônia será realizada na próxima segunda-feira (27), na sede da APL

Professor pesqueirense conquista prêmio inédito da Academia Pernambucana de Letras.

       O professor do curso de Artes Visuais do IFPE Olinda, Carlos Henrique Romeu Cabral, comemora a conquista do prêmio inédito Amaro Quintas – História de Pernambuco, concedido pela Academia Pernambucana de Letras (APL). A premiação é por sua tese de doutorado “Conexão Recife - Paris: transferências artísticas e descentralização da arte moderna brasileira”.

       Na tese, o professor demonstra que Pernambuco serviu como porta de entrada para diversas vanguardas modernistas até então inéditas na América do Sul. Ele toma como base transferências artísticas realizadas entre Recife e Paris, por intermédio dos artistas Fedora, Vicente e Joaquim do Rego Monteiro.  Dessa forma, propõe uma revisão da história da arte do modernismo brasileiro.

       “A pesquisa põe em cheque uma história da arte moderna brasileira hegemônica, fundamentada na produção e na circulação de artistas e de obras de arte centralizados no Sudeste do Brasil, e apresenta um modernismo alternativo, inserindo Pernambuco como um importante polo de produção, importação e exportação de arte moderna durante o início do século XX”, explica Cabral.

       Ainda no segundo semestre de 2020 a obra será publicada numa versão bilíngue, em português e francês. A publicação é fruto de outro prêmio também conquistado por Cabral, o Descentrarte, promovido pela Funarte. “Já é o segundo prêmio conquistado com a tese. Fico contente por ter o meu trabalho de pesquisa reconhecido por uma instituição do porte da APL, que reúne os principais intelectuais pernambucanos”, comemora.

       A cerimônia de premiação será realizada na próxima segunda-feira (27), às 19h30, na sede da APL, que fica na Avenida Rui Barbosa, 1596, no bairro das Graças, no Recife. Na ocasião, será comemorado o aniversário de 119 anos de fundação da Academia Pernambucana de Letras. Também será a posse do novo presidente da APL, Lucilo Varejão Neto, e da nova diretoria eleita.

       Na cerimônia, ainda serão concedidos os prêmios Antônio de Brito Alves (Ensaio), Edmir Domingues (Poesia), Vânia Souto Carvalho (Ficção), Leonor Correa (Municípios pernambucanos) e Elita Ferreira (Literatura Infantojuvenil).

FONTE: portal.ifpe.edu.br

Professor pesqueirense conquista prêmio inédito da Academia Pernambucana de Letras.

 

Publicado por
em
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário Sua opinião é muito importante!