Voltar ao topo

FLÁVIO J JARDIM - NOTÍCIA VERDADE

UFRPE: vagas para Professor em quatro Câmpus

UFRPE: vagas para Professor em quatro Câmpus
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

UFRPE: vagas para Professor em quatro Câmpus. Concurso UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco para Professor tem edital retificado. Novas vagas foram acrescentadas.

UFRPE: vagas para Professor em quatro Câmpus

      A Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) publicou o edital nº 56 que retifica o edital nº 6/2018. Nesta retificação foram acrescentadas mais duas vagas, sendo uma para área de Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais / Técnica Cirúrgica Veterinária e uma para Anatomia Animal Aplicada à Zootecnia / Anatomia e Fisiologia dos Animais Domésticos.

      Agora serão 30 vagas em disputa para a sede Dois Irmãos (Recife - PE), Unidade Acadêmica de Garanhuns (Garanhuns - PE), Unidade Acadêmica de Serra Talhada (Serra Talhada - PE) e Unidade Acadêmica de Belo Jardim (Garanhuns - PE). 

Vagas

      As vagas serão distribuídas entre os Câmpus anteriormente citados para lecionar nas seguintes disciplinas: Álgebra Linear; Arte na prática pedagógica I, Arte na prática pedagógica II, Metodologia do ensino de Arte I, Metodologia do Ensino de Arte II; Cálculo Diferencial e Integral; Cálculo Numérico; Circuitos Elétricos; Climatologia e Gestão Ambiental; Desenho Técnico; Fitopatologia / Epidemiologia de Doenças de Plantas; Hidrologia, Introdução à Engenharia Hídrica e Segurança e Saúde no Trabalho; Introdução à Programação e áreas afins; Língua Inglesa / Estágio Supervisionado Obrigatório em Língua Inglesa; Língua Inglesa e Metodologia Científica; Matemática Discreta; Pré-História; Programação; Projeto e Análise de Algoritmos / Métodos formais / Paradigmas de Linguagens de Programação / Algoritmos e Estrutura de Dados I e II; Psicologia do Desenvolvimento/ Psicologia da Aprendizagem/ Psicologia da Educação; Química Orgânica; Resistência dos Materiais / Mecânica e Motores Agrícolas / Mecanização Agrícola; Sistemas de Controle; Sistemas Digitas / Circuito Digitais / Arquitetura de Computadores / Sistemas de Tempo Real / Sistemas Embarcados / Tópicos Avançados em Engenharia da Computação e áreas afins; Solos / Geologia Aplicada à Ciência do Solo; Clínica Cirúrgica de Pequenos Animais / Técnica Cirúrgica Veterinária; Anatomia Animal Aplicada à Zootecnia / Anatomia e Fisiologia dos Animais Domésticos.

 

      A jornada de trabalho será de 40 horas semanais sob regime de dedicação exclusiva e a remuneração será de:

      Professor Adjunto (com doutorado): R$ 4.463,93 referente ao vencimento básico, acrescida de R$ 5.136,99 referente à retribuição de titulação de doutorado, totalizando uma remuneração de R$ 9.600,92;

      Professor Assistente (com mestrado): R$ 4.463,93 referente ao vencimento básico, acrescida de R$ 2.204,27 referente à retribuição de titulação de mestrado, totalizando uma remuneração de R$ 6.668,20;

      Professor Auxiliar (com especialização): R$ 4.463,93 referente ao vencimento básico, acrescida de R$ 824,12 referente à retribuição de titulação de mestrado, totalizando uma remuneração de R$ 5.288,05;

      Professor Auxiliar (com graduação): R$ 4.463,93 referente ao vencimento básico.

 

Inscrições

 

      As inscrições serão realizadas entre às 10 horas do dia 29 de outubro e às 18 horas do dia 30 de novembro de 2018, através do endereço eletrônico www.concurso.ufrpe.br.

      O valor da taxa de inscrição será de R$ 190,00 para quem tiver doutorado e de R$ 130,00 para as demais titulações.

 

Edital

 

      O edital de retificação foi publicado na página 75, seção 3 do Diário Oficial da União de 26 de outubro de 2018 (edição nº 207). Todos os detalhes devem ser conferidos pelos candidatos.

      O extrato do edital está publicado no Diário Oficial da União, na página 66, seção 3, em sua edição nº 206 de 25 de outubro de 2018. O edital na íntegra será publicado também no site da UFRPE.

 

 

NOTA DA REDAÇÃO

 

      A palavra câmpus designa o terreno e os edifícios de uma universidade. Chegou ao português (e a diversas outras línguas) por meio do inglês, língua que modernamente se ressuscitou, no âmbito universitário das faculdades dos EUA, a palavra latina campus (no plural em latim, campi), que, originalmente, em latim, significava “planície” ou “terreno plano e aberto”.

      Em português, a palavra câmpus deve ser acentuada, por se tratar de palavra paroxítona termina em “-us” – como bônus, lótus, ânus, vírus, antivírus, lúpus, Vênus, etc. No plural, não muda: um câmpus, dois câmpus.

A grafia aportuguesada câmpus está já incluída (desde 2012) no Vocabulário Ortográfico Atualizado da Língua Portuguesa, e é usada oficialmente pelo Ministério da Educação do Brasil, em substituição às formas inglesas (ou latinas) campus e campi. É também recomendada no dicionário de Paschoal Cegalla (autor da Novíssima Gramática da Língua Portuguesa) e por diversos outros gramáticos e dicionaristas, como Maria Helena de Moura Neves (da UNESP, autora da Gramática de Usos do Português), e Cláudio Moreno (autor do Guia Prático do Português Correto).

 

Publicado por
em

Deixe seu comentário Sua opinião é muito importante!

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Linked In
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados