Segunda, 06 de abril de 2020 hh:mm:ss

CAPRINOCULTURA FORTE NO SEMIÁRIDO DE PERNAMBUCO

NOTA DE REDAÇÃO: Ação do CEDAPP, no dia 04 de março, antes do crescimento dos casos do Coronavírus em Pernambuco.

Publicado em 24 de março de 2020 às 19:37
Atualizado há 2 semanas

       O Centro Diocesano de Apoio ao Pequeno Produtor – CEDAPP realizou no dia 04 de março, uma reunião de apresentação do Projeto: “Fortalecimento da Cadeia Produtiva de Caprinocultura no Semiárido de Pernambuco” que está sendo executado com parceria da AD Diper e a Secretaria de Desenvolvimento do Estado de Pernambuco, através do Convênio AD nº07/2020.

       Esse projeto tem como objetivo investir na transformação das pessoas e das comunidades proporcionando ampliação dos conhecimentos e das práticas técnicas na criação de cabras. Como resultado se espera a melhoria da qualidade de vida, segurança alimentar e nutricional das famílias beneficiárias e geração de renda com a comercialização do excedente.

       O Projeto atua junto a cinco associações comunitárias e uma cooperativa de beneficiamento de leite de pequenos agricultores, beneficiando de forma direta 84 famílias e de forma indireta, aproximadamente 504 pessoas distribuídos em três municípios da região do agreste do estado:

– Associação dos Bacamarteiros, Coquistas e Agricultores do Sítio Barriguda – Sanharó

– Associação em Economia Familiar São José do Alverne – Alagoinha

– Associação dos Moradores e Pequenos Produtores rurais do Sítio Pacheco – Pesqueira.

– Associação dos Pequenos Produtores de Laje do Carrapicho – Alagoinha.

– Associação dos Agricultores e Agricultoras Familiares do Sítio Fundão – Sanharó.

– COOBELLAC – Cooperativa de Beneficiamento de leite de Laje do Carrapicho- Alagoinha

       As ações desenvolvidas neste projeto visam a melhoria na organização dos pequenos produtores de caprinos, das mulheres e dos jovens nas comunidades que estão atendidas.

       Em cada comunidade as famílias serão apoiadas com: repasse de uma cabra matriz, repasse de reprodutores para as comunidades que não os têm, construção de 13 abrigos para as cabras. A COOBELLAC recebe equipamentos para Unidade Produtiva de Leite. O Projeto prevê ações diversificadas e integradas de formação com capacitações, intercâmbios em outras comunidades e conhecimento de técnicas para a criação de caprinocultura leiteira.

       A criação de pequenos animais adaptados ao clima do semiárido tem motivado várias comunidades para ampliação desta atividade econômica, em que a familiar consome o leite e o excedente é beneficiado e comercializado. Sendo assim, a convivência com este clima viabiliza o investimento financeiro e técnico para a atividade produtiva.

Texto: CEDAPP – cedapp@cedapp.org

CEDAPP – (87) 3835 – 1849

Voltar ao topo