Quinta, 01 de outubro de 2020 hh:mm:ss

Célio, um enterro discreto em Pesqueira

Sepultamento foi neste domingo à tarde, com comitiva de veículos

Publicado em 7 de junho de 2020 às 17:13
Atualizado há 4 meses

Num cortejo de veículos, o corpo do bancário aposentado e empresário Celiomar de Souza, seguiu para o sepultamento nesta tarde (a partir das 15h) deste domingo (07 de junho) no cemitério de Pesqueira. 

Célio da Caixa como era bem conhecido, faleceu em decorrência do coronavírus, num hospital de Caruaru, na madrugada de sábado. As pessoas evitaram entrar no cemitério e ficaram nos veículos, como mandam as determinações de enterro no tempo de pandemia. 

         Várias coroas de flores foram enviadas, com frases de condolências à família. Nas redes sociais, centenas de frases foram publicadas externando profundo pesar. A morte de Célio da Caixa causou forte comoção na cidade. 

      “Estou muito triste com a morte de Celiomar. Que Deus conforte Telma Brito, os seus filhos e toda a família. Quem puder, fique em casa. Se proteja, proteja os outros”, escreveu Bethânia Correia, no Facebook. Já Tereza Rufino, também no Facebook, publicou: “Que papai do céu o receba na glória dos céus. Vai com Deus. Meus sentimentos a família que Deus os conforte”. 

Voltar ao topo