Quarta, 30 de setembro de 2020 hh:mm:ss

Corrente do Bem funciona e pesqueirenses ajudam grávida

Uma corrente de solidariedade foi construída após a publicação de uma reportagem sobre as dificuldades que uma mãe de dois filhos, desempregada e grávida passava em Pesqueira.

Publicado em 30 de julho de 2020 às 13:51
Atualizado há 2 meses

       Amor ao próximo foi o sentimento que uniu várias pessoas que já começaram a ajudar Luciana, que mora na Vila de Biá, em Pesqueira. Uma amiga de Luciana, Carla, arrecadou alimentos, roupas e até móveis para a família.

       O drama foi contato ontem pelo site Flávio J Jardim – Notícia Verdade e a história sensibilizou diversas pessoas que se mobilizaram para ajudar.

       O cenário hoje é bem diferente de ontem, quando foi publicada a matéria. Após a publicação de apelo, várias pessoas se mobilizaram e ajudaram Luciana, mãe de dois filhos e grávida, que passava por dificuldades.

EDVALDO MORAES

       O Presidente da Associação Cristo-Rei, na Pitanga, Edvaldo Moraes, disse hoje (30 de julho) que “o esposo de foi receber as doações da Associação Comunitária Cristo Rei.  Iremos também inserir ela em Programas Sociais existentes aqui na Associação”, destacou Edvaldo.

       O Presidente da Associação Comunitária Cristo Rei fez a entrega de cesta básica, kit da gestante e cobertor para ajudar a senhora que se encontra em vulnerabilidade social. “Vamos também inserir ela em Programa Sociais existentes na Entidade”, informou Edvaldo.

DEVE HAVER UM LUGAR NO SEU CORAÇÃO

       Como na música “A Paz”, de Michel Jackson, cuja tradução para o português é de Roupa Nova, “Deve haver um lugar dentro do seu coração, Onde a paz brilhe mais que uma lembrança, Sem a luz que ela traz já nem se consegue mais, Encontrar o caminho da esperança, Sinta, chega o tempo de enxugar o pranto dos homens, Se fazendo irmão e estendendo a mão”, várias pessoas acenderam a chama da vida e colaboraram.

       O texto da música emociona e diz que “Se você começar, Outros vão te acompanhar, E cantar com harmonia e esperança, Deixe que esse canto lave o pranto do mundo, Pra trazer perdão e dividir o pão”.

MAIS AJUDAS

       Uma senhora, moradora de Baixa Grande, que preferiu não se identificar informou que “doei dois cobertores e alguns alimentos”. Sensibilizada com a situação da família, ela completou dizendo que “Vou doar amanhã uma tv pra ela e para as crianças assistirem”, disse.

COLCHÕES

       Já Rose, que também se emocionou com a reportagem, doou alguns itens de alimentos e ajudou a família.

       Ainda ontem (29), Carla, a vizinha que fez o apelo para a mãe necessitada, informou que muitas pessoas ligaram se prontificando a ajudar. “Já doaram colchões, roupas, fraldas e alimentos e a família está mais alegre com as doações”. Veja as fotos:

Voltar ao topo