Sábado, 13 de abril de 2024 hh:mm:ss

COVEIRO MORRE NA COVA | Tragédia no Campo da Saudade: Coveiro Morre em Trágico Acidente ao Cair na Própria Cova!

Autoridades investigam o caso que choca Carpina e deixa a comunidade em luto

Publicado em 29 de janeiro de 2024 às 12:00
Atualizado há 2 meses

CARPINA (PE) – No bairro Santo Antônio, na tranquila Carpina, um dia de trabalho no cemitério Campo da Saudade se transformou em uma tragédia indescritível. Edvaldo Pereira da Silva, um coveiro dedicado, encontrou seu fim de maneira brutal enquanto desempenhava suas funções no último dia 25.

Testemunhas horrorizadas relatam que Edvaldo estava cavando uma cova, preparando-se para um enterro, quando, de repente, um terrível acidente ocorreu. Sem aviso, ele perdeu o equilíbrio e caiu, batendo com a cabeça com força contra o solo duro da sepultura que ele mesmo preparava.

A cena macabra foi descoberta por colegas de trabalho que correram para o local ao ouvirem um estrondo ensurdecedor. Em meio à comoção, autoridades foram acionadas às pressas, mas infelizmente, quando chegaram, Edvaldo já havia partido, deixando para trás apenas um rastro de perplexidade e tristeza.

As circunstâncias exatas que levaram a essa terrível tragédia ainda estão envoltas em mistério. Autoridades locais estão trabalhando incansavelmente para desvendar os eventos que levaram à morte prematura desse trabalhador exemplar. De acordo com informações extraoficiais, a vítima teria sofrido uma crise convulsiva, o que precipitou sua queda fatal.

Enquanto a comunidade de Carpina tenta se recuperar desse choque devastador, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado para prestar socorro, mas infelizmente, chegaram tarde demais. Edvaldo já havia partido para além deste mundo, deixando para trás apenas memórias e perguntas sem resposta.

Seu corpo foi levado às pressas para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, enquanto as autoridades locais trabalham incansavelmente para entender os eventos que levaram à sua trágica partida.

Enquanto as investigações continuam, a comunidade de Carpina se une em luto e solidariedade, lamentando a perda de um membro valoroso e dedicado de sua sociedade. Onde antes havia apenas silêncio, agora ecoam as lamentações por um homem que partiu cedo demais, deixando para trás um vazio impossível de preencher.

Voltar ao topo