Terça, 20 de outubro de 2020 hh:mm:ss

Dois casos de padres desaparecidos. Padre Gilmar, na Paraíba, ainda não foi encontrado. Em Minas, corpo de religioso é achado carbonizado.

Padre Gilmar, na Paraíba, ainda não foi encontrado. Padre Adriano, em Minas Gerais, teve o corpo carbonizado.

Publicado em 15 de outubro de 2020 às 11:02
Atualizado há 5 dias

       As polícias ainda não têm pistas sobre o desaparecimento do Padre José Gilmar Moreira, e as buscas pelo religioso, desaparecido há dois dias, continuam.

       Padre Gilmar atuava na Paróquia Santa Terezinha, no bairro do Róger, em João Pessoa, e sumiu no fim da manhã de terça-feira (13). Segundo informações, as polícias ainda não têm qualquer pista sobre o caso. A inteligência aguarda autorização judicial para acessar informações do celular do padre.

       Seis pessoas já foram ouvidas pelo delegado Victor Melo. Outras testemunhas estão sendo ouvidas hoje (15). O delegado afirmou à imprensa que “ainda é muito cedo para saber o que aconteceu e nenhuma hipótese está descartada”.

       O padre saiu por volta das 11h30 para encomendar um corpo em um velório, mas não chegou ao local. Por volta do meio-dia enviou uma mensagem para um amigo com a palavra “socorro”, mas a mensagem só foi visualizada horas depois.

Arquidiocese da Paraíba divulga nota sobre desaparecimento de padre

NOTA OFICIAL

       A Arquidiocese acompanha com atenção o caso do desaparecimento do Pe. José Gilmar Moreira, SV, pároco da Paróquia Santa Teresinha, no bairro do Roger, em João Pessoa. 

       A informação de que se dispõe oficialmente é que o religioso saiu de casa por volta das 11h desta terça-feira, dia 13, para atender a um pedido de oração das exéquias e, desde então, não há informações sobre o seu paradeiro. Desde o fim da tarde de ontem as autoridades policiais estão empenhadas na solução do caso.

       A Arquidiocese, por meio de seu Arcebispo, clero, religiosos, religiosas e fieis de um modo geral, segue unida em oração para que o caso seja elucidado e o desfecho seja o melhor possível.

       Nos mantenhamos fortes na fé, perseverantes na oração e confiantes no Deus que não nos desampara.

       João Pessoa, 14 de outubro de 2020
Arquidiocese da Paraíba

JÁ EM MINAS GERAIS, CORPO DE PADRE FOI ENCONTRADO CARBONIZADO

       O corpo do Padre Adriano da Silva Barros, 36 anos, foi encontrado ontem (14 de outubro) à noite na cidade de Manhumirim. O padre estava desaparecido deste terça-feira (13).

       O religioso era vigário da Paróquia de São Simão. O corpo foi encontrado carbonizado. Segundo a família do padre, ele estava de carro e seguia para a cidade de Martins Soares, onde visitaria a mãe.

       Um morador acionou a polícia depois de ver um corpo em um pequeno incêndio na sua propriedade. A vítima apresentava ferimentos de arma branca. Um suspeito foi detido e a polícia trabalha com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte).

Voltar ao topo