Domingo, 17 de outubro de 2021 hh:mm:ss

EDUCAÇÃO| Pesqueira realiza semana de comemoração ao centenário do Patrono da Educação Brasileira, Paulo Freire.

Ressignificando os saberes, a Secretaria de Educação de Pesqueira, realiza evento pedagógico voltado aos pensamentos do filósofo, educador e escritor Paulo Freire em seu centenário. 17 escolas participam dos trabalhos e se apresentam na culminância do projeto, na Praça Dom José Lopes, nesta sexta-feira, a partir das 16h.

Publicado em 23 de setembro de 2021 às 13:46
Atualizado há 3 semanas

PESQUEIRA (PE) – A Secretaria de Educação da Prefeitura de Pesqueira, realiza a Semana de Comemoração ao centenário do Educador e Patrono da Educação Brasileira, Paulo Freire. A mobilização da secretaria se une a 17 escolas municipais para referenciar o filósofo, educador e escritor Paulo Freire, que no dia 19 de setembro faria 100 anos.

      Uma figura singular e muito importante para a educação brasileira, Paulo Freire se tornou uma referência em educação por suas ideias libertadoras e é considerado um dos pensadores educacionais mais influentes do século XX.

      Famoso por idealizar uma educação popular, que incluía negros, índios e pobres, Paulo Freire pensa a educação de modo que atinja as pessoas e os faça se perceberem enquanto cidadãos.

      Baseado na filosofia da práxis onde a teoria e a prática andam juntas, Freire se popularizou por alfabetizar 300 cortadores de cana em 45 dias, em Angicos no Rio Grande do Norte. Ele se destacou por alfabetizar sem o uso das tradicionais cartilhas, o que chamou atenção de muitos estudiosos e lhe rendeu muitas críticas também.

      Mas, o que o diferenciava dos demais educadores, era a forma como ele alfabetizava seus alunos, que usava situações do dia a dia dos mesmos para facilitar a aprendizagem.

      Porém, o que transformou Paulo Freire em um ícone da educação, foi seu pensamento crítico e libertário, demonstrado em suas obras, que até hoje inspira muitos profissionais da educação com frases como essas:

      “Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão”.

      “Não há saber mais ou saber menos: há saberes diferentes”.

      “A humildade exprime uma das raras certezas de que estou certo: a de que ninguém é superior a ninguém”.

      “Mudar é difícil, mas é possível”.

      Com estes pensamentos ele consegui fazer educação no Brasil com um olhar diferenciado.

      Fundamentada na obra Freiriana, a Secretária de Educação de Pesqueira desenvolveu o projeto, “O Centenário de Paulo Freire”, em comemoração à memória do Educador, fez um trabalho junto as escolas, para refletir as obras de Freire, e se apropriar de práticas pedagógicas que construa uma educação libertadora no município de Pesqueira.

      “Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção”. Baseado nesta ideia construtivista, o Diretor Pedagógico da Secretaria de Educação Romualdo Correia diz: “O compromisso desta gestão educacional com a pedagogia de Paulo Freire está além da repercussão do Centenário, visto que temos uma visão política e educacional alinhadas com a ideia de Educação Libertadora e capaz de transformar” disse.

      As escolas estão em máxima produção de atividades voltadas ao Centenário de Freire. São 17 escolas envolvidas em temáticas que refletem as ideias do educador e escritor, que dão sentido aos trabalhos escolares.

      “O evento é uma comemoração que oportuniza refletirmos a filosofia de Freire e repensarmos a Educação ofertada no nosso município. Precisamos de uma Educação libertadora, uma Educação com práticas que transforme a vida de nossos estudantes, e nada melhor que buscar referência nos ensinamentos de Paulo Freire, como ele mesmo disse, educar é impregnar de sentido o que fazemos a cada instante”, destacou o Secretário de Educação da Prefeitura de Pesqueira, Thiago Torres, encantado com os trabalhos.

      Todas as atividades irão culminar na sexta-feira (24 de setembro), na Praça Dom José Lopes, às 16h, onde serão apresentados os trabalhos produzidos pelas escolas. A abertura do evento será feita pelo Secretário de Educação Thiago Torres, a chefe da divisão da Educação de Jovens e Adultos (EJA), Melânia Ferreira, e a coordenação da EJA, além de diversas autoridades dos poderes Executivo e Legislativo.

      No evento, as escolas apresentarão os seus trabalhos, com as seguintes temáticas: biografia de Paulo Freire e suas obras, a cronologia de Paulo Freire, apresentação da produção de desenhos lúdicos da imagem de Paulo Freire, será apresentado alguns pensamentos do educador, apresentação de cordel, recitação de poemas, paródias e um jornal, além de fotos e vídeos produzidos nas escolas.

      Será um momento muito importante para toda sociedade, poder presenciar e vivenciar a realidade da Educação Municipal, pautada na ressignificação da qualidade de vida de seus cidadãos.

TEXTO: Ana Paula Lima

Voltar ao topo