Domingo, 09 de agosto de 2020 hh:mm:ss

ELEIÇÕES PODEM SER ADIADAS, DEFENDE MINISTRO DA SAÚDE

Ministro da Saúde pede adiamento das eleições municipais. O Congresso pode aprovar um mandato tampão para os atuais vereadores e prefeitos.

Publicado em 22 de março de 2020 às 16:23
Atualizado há 5 meses

       O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que o Congresso deveria adiar as eleições municipais deste ano, marcadas para outubro, para conter o avanço do novo Coronavírus no país.

       O comentário foi feito durante reunião por videoconferência com prefeitos de capitais, neste domingo, 22. Para Mandetta, a disputa eleitoral pode comprometer o foco dos gestores e causar uma “tragédia”.

       “Faço aqui até uma sugestão. Está na hora de o Congresso falar: ‘adia’, faz um mandato desses vereadores e prefeitos. Eleição no meio do ano uma tragédia, por que vai todo mundo querer fazer ação política”, disse.

       O ministro fez o comentário em resposta a um dos prefeitos que mencionou dificuldades políticas com outros atores da região para adotar algumas medidas de contenção.

DEBATE        O assunto já era tema corrente nas rodas políticas, com vozes contrárias e a favor. Mas agora a possibilidade de adiamento das eleições municipais deste ano ganha a força de alguém com aval técnico e lugar político privilegiado: o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Voltar ao topo