Quarta, 02 de dezembro de 2020 hh:mm:ss

Eleitores debatem quem que pediu à Justiça suspensão dos atos de rua de Lajedo… O fato é que Adelmo Duarte (55) continua isolado na frente

Justiça Eleitoral suspendeu atos de rua na campanha política de Lajedo. Nas redes sociais, muitas pessoas questionam quem teria feito o pedido à Justiça

Publicado em 26 de outubro de 2020 às 16:40
Atualizado há 1 mês

        A Justiça Eleitoral suspendeu as atividades de rua na campanha política de Lajedo. No último final de semana, várias atividades foram evitadas.  Circula nas redes sociais um ofício cujo conteúdo diz que o pedido partiu da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), devido à pandemia.

        Em vídeo, o prefeito do município, Rossine Blesmany, disse que a atitude dos oposicionistas é uma tentativa desesperada de impedir a vitória do ex-prefeito Adelmo Duarte (PSD), que estavam incomodando os adversários por promover atos bem maiores, com forte presença de público.

        Rossine informou que “a coligação respeita a decisão da justiça, mas vai recorrer da decisão do juiz” e que “o povo tem direito de se expressar democraticamente pelos seus candidatos”.

NÚMEROS            

Os fatos são que a Justiça determinou e tem de ser obedecida. E, afora tudo isso, na única pesquisa registrada divulgada com relação a Lajedo, Adelmo Duarte (PSD) aparece com 14 pontos de diferença contra o adversário, Antônio Dourado (PDT).

Voltar ao topo