Quinta, 24 de setembro de 2020 hh:mm:ss

Gafanhotos, pandemia de Covid-19 e agora nuvem de formigas voadoras. Deu a louca no mundo?

Coronavírus, gafanhotos e agora formigas voadoras. O que está acontecendo com o mundo?

Publicado em 23 de julho de 2020 às 17:26
Atualizado há 2 meses

        Em meio à pandemia do novo coronavírus que assola a população, uma nova nuvem de gafanhotos surge no Paraguai e pode chegar ao Brasil. Mas não é só isso. Uma nuvem de formigas voadoras foi captada por um radar na costa sudeste da Inglaterra. O Mundo enlouqueceu em 2020?

FORMIGAS VOADORAS

       De acordo com o serviço nacional de meteorologia do Reino Unido, o fenômeno acontece quando machos e rainhas deixam ninhos para acasalar. De acordo com reportagem do jornal britânico The Guardian, um porta-voz do serviço meteorológico disse que provavelmente “havia milhares de formigas dentro do enxame, com cerca de 80 km de largura”.

       A Nuvem quilométrica de formigas voadoras foi captada por radar. Enxame gigantesco de insetos foi registrado na costa sudeste da Inglaterra. Fenômeno ocorre quando machos e rainhas deixam ninhos para acasalar

GAFANHOTOS

       Uma nova nuvem de gafanhotos surge no Paraguai e pode chegar ao Brasil. A nova nuvem colocou novamente em alerta as autoridades brasileiras devido ao potencial risco de destruição de plantações. Os insetos estão no Parque Nacional Defensores del Chaco, a mais ou menos 300 quilômetros da fronteira do Brasil e da Argentina.

       O aglomerado de gafanhotos pode se movimentar para as regiões de Boquerón, na fronteira com Bolívia e Argentina, ou Alto Paraguai, na fronteira entre Brasil e Bolívia com o Paraguai.

       Os países ainda estão em alerta em relação a outro aglomerado de 400 milhões de insetos, desta vez na Argentina, que se aproximou do RS no final de junho. O acumulado estava praticamente parado devido às baixas temperatura e o registro de chuva na região.

PANDEMIA

       Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), já passa em todo o mundo mais de 612 mil mortes. Os casos se aproximam de 15 milhões, diz a OMS, num relatório mais recente. O estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde) indicou que o número de mortes causadas pelo novo coronavírus ao redor do mundo subiu para 612.054. A quantidade de casos de covid-19 confirmados oficialmente aumentou para 14.765.256 casos. Os dados podem estar defasados em relação aos últimos levantamentos divulgados individualmente pelos países.

Voltar ao topo