Segunda, 28 de setembro de 2020 hh:mm:ss

Garanhuns lamenta mortes de médico José Inaudo e do presidente da Câmara de Vereadores, Daniel da Saúde

Momento triste para a cidade de Garanhuns, no Agreste Meridional de Pernambuco. Morrem o vereador Daniel da Saúde (AVC) e o médico-pediatra José Inaudo (Covid-19).

Publicado em 14 de julho de 2020 às 11:01
Atualizado há 3 meses
DANIEL DA SAÚDE

       Faleceu o presidente da Câmara Municipal de Garanhuns, vereador Daniel da Silva, no início da noite desta segunda-feira, no Hospital da Unimed, em Caruaru. O vereador estava internado para tratamento de um acidente vascular cerebral (AVC) desde o final de junho.

       Segundo as informações, Daniel reagiu bem à cirurgia e ao tratamento, mas não resistiu às complicações e morreu.

       Ele exercia o 4º mandato parlamentar, o primeiro como dirigente da Casa Raimundo de Moraes. Tinha 53 anos. Nesta segunda, Daniel da Saúde, como era mais conhecido, piorou e veio a óbito.

       O prefeito do município, Izaías Régis, publicou nota sobre a morte do chefe do legislativo: “Infelizmente, acabei de receber mais uma triste notícia. O vereador Daniel, presidente da Câmara de Vereadores de Garanhuns, faleceu. Um homem bom, prestativo, cheio de compaixão com os outros. Serviu há muitas pessoas em Garanhuns, mesmo antes de ser vereador. Mais uma grande perda para o nosso município. Vou decretar luto de três dias no município, por toda a contribuição dele à nossa Garanhuns. Que Deus nos conforte e à família, sua esposa, filhos e demais amigos”, diz a nota.

MORRE MÉDICO PEDIATRA DE COVID-19

       Morreu também nesta segunda-feira (13), em Garanhuns, em decorrência das complicações da covid-19 o médico pediatra José Inaudo Gomes. Bastante conhecido em Garanhuns, o médico, segundo amigos, deixa uma lacuna impreenchível para a cidade e para todos aqueles que faziam parte do seu convívio e o admiravam, sobretudo os seus pacientes.

       Para a filha do médico, Mariana Gomes, o momento da perda do pai está sendo muito doloroso. Para um site local, ela disse que “Não temos certeza, mas ele não saiu nessa quarentena pra nada, então cremos que ele se contaminou em casa”, disse. 

       Segundo ela, o médico estava tranquilo e passava bem, mas o quadro se agravou rapidamente, culminando com o falecimento ontem (13), no Recife. Ele passou quatro dias na UTI.         “Eu acho que as pessoas que não acreditam. Estão fechando os olhos pra uma doença extremamente grave e que destrói uma vida em segundos”, disse a filha.

DR. JOSÉ INAUDO,

Voltar ao topo