Quinta, 25 de abril de 2024 hh:mm:ss

MACIEL | Livro de Magno Martins com a biografia de Marco Maciel à venda em Pesqueira

Os admiradores da trajetória política do ex-vice-presidente da República, Marco Antônio Maciel, que tem raízes em Pesqueira, podem comemorar.

Publicado em 24 de outubro de 2023 às 11:05
Atualizado há 4 meses

PESQUEIRA (PE) – O livro “O Estilo Marco Maciel”, escrito por Magno Martins, já está disponível para compra na cidade.

        A obra tem despertado grande interesse na região, especialmente devido a Pesqueira ser a terra natal de José do Rego Maciel, ex-prefeito do Recife e pai de Marco Maciel. Os leitores que desejam conhecer mais sobre a vida e a carreira política desse ilustre neto de Pesqueira agora têm a oportunidade de adquirir o livro na loja de conveniência do posto BR Cruzeiro II, localizado nas proximidades do Fórum, no centro da cidade.

        Essa disponibilidade é uma excelente notícia para aqueles que desejam mergulhar na história e no legado de Marco Maciel, contribuindo para a preservação e disseminação do seu “estilo” marcante na política brasileira.

        Aos fãs da trajetória política do vice-presidente da República Marco Antônio Maciel, neto de Pesqueira, e aos leitores do blog de Magno Martins e ouvintes do Frente a Frente, que estavam cobrando um espaço para compra do livro “O Estilo Marco Maciel”, uma ótima notícia.

UM NETO DE PESQUEIRA

        Marco Maciel, nascido em Recife em 1940, foi um político brasileiro associado ao partido Democratas (DEM) e teve uma longa carreira política. Ele ocupou várias posições importantes ao longo de sua vida, incluindo:

Vice-presidente do Brasil (1995-2002): Marco Maciel atuou como o 22º Vice-presidente do Brasil.

Presidente da Câmara dos Deputados (1977-1979): Ele foi eleito presidente da Câmara dos Deputados durante seu segundo mandato como deputado federal.

Ministro da Educação e da Casa Civil: Durante o governo de José Sarney, ele ocupou os cargos de Ministro da Educação e Ministro-chefe do Gabinete Civil da Presidência da República.

Governador de Pernambuco: Foi indicado como governador biônico de Pernambuco em 1978 pelo presidente Ernesto Geisel.

Senador: Maciel foi eleito senador por Pernambuco em várias disputas, eleito de 2003 a 2011.

Professor de Direito Internacional: Além de sua carreira política, Marco Maciel foi professor de Direito Internacional Público na Universidade Católica de Pernambuco.

Ele também desempenhou um papel significativo na formação da Frente Liberal (que mais tarde se tornaria o Democratas) e na vitória da oposição nas eleições presidenciais de 1985, com a eleição de Tancredo Neves como presidente.

Ao longo da sua vida, Marco Maciel recebeu várias honrarias e condecorações, incluindo a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo e a Ordem do Infante D. Henrique de Portugal.

Ele faleceu em 12 de junho de 2021, aos 80 anos, e seu corpo foi velado no Senado Federal antes de ser sepultado em Brasília. Sua trajetória política abrangeu décadas e incluiu importantes cargas de liderança no Brasil.

MAGNO MARTINS

Magno Martins é um jornalista brasileiro com uma carreira longa e distinta na área de jornalismo político. Ele nasceu em Afogados da Ingazeira, Pernambuco, e formou-se no Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco. Além disso, realizou uma pós-graduação em Ciência Política na mesma instituição.

        Sua carreira jornalística começou em 1980 como correspondente do Diário de Pernambuco em sua cidade natal. Contudo, em 1984, após acompanhar a campanha presidencial de Marco Maciel pelo colégio eleitoral, Magno Martins optou por se estabelecer em Brasília, a capital do Brasil.

        Na capital federal, ele trabalhou em diversas publicações, incluindo o Correio Braziliense, Última Hora, Jornal de Brasília, O Globo, Agência O Globo e Agência Meridional, que pertence aos Diários Associados. Nos anos 80, ele inaugurou a primeira sucursal de um jornal pernambucano em Brasília, começando com o Diário de Pernambuco e mais tarde a Folha de Pernambuco, onde assinava uma coluna política diária.

        Magno Martins também teve um papel fundamental na criação da Agência Nordeste em Brasília, que foi a primeira agência de notícias em tempo real focada em notícias regionais dos estados do Nordeste. Ele também foi eleito presidente do Comitê de Imprensa da Câmara dos Deputados.

        Entre os eventos mais notáveis ​​que cobriram ao longo de sua carreira estão a primeira eleição direta para presidente do Brasil em 1989, na qual Fernando Collor venceu Luiz Inácio Lula da Silva, a morte de Tancredo Neves e a Constituinte de 1987, instalada pelo Congresso Nacional.

        Em 1990, coordenou com sucesso a campanha de Joaquim Francisco para o governo de Pernambuco, onde derrotou Jarbas Vasconcelos no primeiro turno. Magno assumiu a Secretaria de Imprensa no governo de Joaquim Francisco por um ano e, mais tarde, voltou ao jornalismo e escreveu vários livros, incluindo “O Nordeste que deu certo”, “O lixo do poder”, “A derrota não anunciada”, “Reféns da seca”, “Perto do Coração”, “Histórias de Repórter” e “A dor da pandemia”.

        Magno Martins também é conhecido por seu blog, o “Blog do Magno”, que é pioneiro no Nordeste e tem operado ininterruptamente por 17 anos, sendo uma das fontes de notícias mais influentes na região. Além disso, ele se distribuiu pela Rede Nordeste de Rádio, que abrange mais de 40 emissoras nos estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Bahia, com a Rádio 102,1 FM no Recife como cabeça de rede.

        Seu programa “Frente a Frente” é transmitido por essas emissoras e alcança mais de dois milhões de ouvintes.

        Recentemente, Magno firmou uma parceria com a Folha de Pernambuco para produzir textos e entrevistas exclusivas diretamente de Brasília. Magno Martins é uma figura proeminente no jornalismo político do Brasil, com contribuições significativas ao longo de sua carreira.

Saiba Mais no Portal www.flaviojjardim.com.br (link nos stories).

Voltar ao topo