Sociedade

MINERVINO OSÓRIO. QUE SAUDADE!

Em texto emocionante, família de Minervino Osório fez homenagem na Missa de 7º Dia

Por Flávio José Jardim atualizado há 3 anos
Publicado em 21 de outubro de 2020, 15h25

MINERVINO OSÓRIO. QUE SAUDADE!

       Nesses últimos dias, estamos vivendo um momento muito triste e arrasador. Nossa família perdeu repentinamente, sua referência como Pai, homem, cidadão de bem e amoroso. Perdemos nosso Pai Minervino Osório.

       Que saudades! Um homem que sempre teve como AMOR a sua família uma virtude, sua esposa, seus filhos, netos e bisnetos. Um homem que tinha como característica principal a alegria de viver, de fazer a alegria não só no meio dos familiares, mas principalmente, da cidade e região de Pesqueira, cidade que tanto amou e fez centenas de amigos.

       Fez a alegria com suas quadrilhas juninas que marcava nas palhoças e ruas da cidade e foi referência pra outros marcadores. Atuou no Teatro também, e participava de vários grupos na Igreja, Grupo Serra, ECC e Homens do Terço. Mas, sua paixão principal foi o Casamento de Matuto à Cavalo, que tanto alegrou o São João da cidade e as diversas cavalgadas que fazia, para os diversos distritos! Quantos amigos deixou!

       Ah, que saudade! Que saudade de chegar em casa e ser recebido com a benção e aquele abraço forte e caloroso, e quando a gente perguntava: “Pai como o Sr. está?” e ele prontamente dizia: “Vivendo e achando bom!”.

       Que saudade daquele sorriso, das brincadeiras e irreverências daquelas danças, e o Sr. se abaixando, parecendo um jovem. Das suas músicas, do som do cavaquinho a tocar nos nossos aniversários.

       Sua história e seu legado serão sempre lembrados. Ah Papai, vovô, titio, amigo... quanta saudade!

       Serás sempre inesquecível pra muitos dos amigos que aqui deixou e principalmente pra nós, seus filhos, netos, bisnetos, sobrinhos, noras.

       O senhor hoje está no céu fazendo uma festa junto com nossa Mãe, que nos deixou e foi se encontrar com o Senhor.

       Tudo como tinha que ser né? Jamais um longe do outro! Sabíamos que um não iria aguentar a saudade um do outro. Te amamos pra sempre e obrigado por tudo, tudo o que o senhor foi e representou pra gente.

       Nossas vidas jamais serão as mesmas, a dor e a saudade será infinita. Fica em paz, e cuida de nós. Acalma os nossos corações, nos conforta e olha por nós, a dor... Só quem já passou por isso, perder o Pai e a Mãe em 8 dias, sabe o que estamos sentindo nesse momento, é um vazio quando chegamos em casa, mas um imenso vazio nos nossos corações.

       Intercede junto a Jesus e Maria por Seus filhos, netos, bisnetos, noras, sobrinhos, demais familiares e amigos. Nós estaremos aqui, com o pensamento e a esperança de que um dia nos encontraremos novamente para darmos aquele abraço, bemmmm apertado...

       Então, só nos resta dizer agora, “Benção, meu pai, Benção meu vô, Benção meu tio”. Abraços, meu amigo Minervino Osório!!!

                                                          Sua família!

NOTA DE REDAÇÃO

       Todos nós que fazemos o Jornalismo de Pesqueira e região sempre fomos muito bem atendidos e bem recebidos por Minervino Osório, em seus eventos. A cidade ficou mais triste com sua partida. Nós, que integramos a Imprensa de Pesqueira, temos o dever de reverenciar e aplaudir Minervino Osório, que dedicou grande parte de sua vida para alegrar a cultura popular.

Você precisa estar logado para comentar. Por favor, faça login ou crie a sua conta.

Ainda não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Veja também