Terça, 20 de outubro de 2020 hh:mm:ss

Padre é encontrado após passar 3 dias em mata no Litoral Sul da PB

O padre José Gilmar foi encontrado após três dias de desaparecimento em Jacumã, no Conde, Litoral Sul da Paraíba, nesta sexta-feira (16).

Publicado em 16 de outubro de 2020 às 20:43
Atualizado há 4 dias

       Segundo o delegado Victor Melo, o padre, desaparecido desde terça-feira (13), foi encontrado consciente, porém debilitado.

       O delegado Luciano Soares informou que o padre foi encontrado caminhando pelas ruas nas proximidades de Jacumã, quando a polícia ia até o local onde o carro do padre José Gilmar foi encontrado. Os policiais reconheceram o rosto dele, que estava a pé, às margens da estrada.

       O delegado também informou que o padre estava com desidratação, mas sem sinais de violência física aparente. O padre disse aos policiais que foi confundido com um motorista de aplicativo e rendido. Ele afirmou que foi levado para um cativeiro em área de mata fechada, estava amarrado e recebeu ameaças para transferir dinheiro aos criminosos. Segundo ele, pelo menos três pessoas estavam com ele no cativeiro.

       O delegado que estava indo até a localização do carro do religioso, Luciano Mendonça, da Polícia Civil do Conde, informou como o padre José Gilmar foi encontrado:

       “[O pessoal que o encontrou] disse que ele estava um pouco desorientado, é tanto que a gente passou por ele, eu e um agente da Polícia Civil e ele não deu sinal pra gente. A gente vinha com o giroflex ligados, com as viaturas caracterizadas, e o padre em nenhum momento acenou pra nós. “Ele só foi localizado porque em outra viatura havia uma pessoa que trabalhava com ele na paróquia e o reconheceu”.

       Quem reconheceu o padre foi o amigo dele Agenor Lima Rocha, que estava indo com a polícia também para a localização do carro, pois estava levando a chave reserva.

       Após ser resgatado, o padre foi levado para a Central de Polícia, em João Pessoa, onde prestou esclarecimentos e recebeu atendimento médico. Agenor disse que o reconheceu de longe e quando falou com o padre, ele o abraçou e chorou.

FONTE: blogdomarciorangel.com.br

Voltar ao topo