Terça, 14 de julho de 2020 hh:mm:ss

Pesqueira se despediu de Paulinho sob forte comoção

Sepultamento do empresário pesqueirense foi hoje (30) no final da manhã. Enterro seguiu protocolos de covid-19

Publicado em 30 de junho de 2020 às 15:04
Atualizado há 2 semanas

       Tristeza e comoção no final da manhã desta terça-feira, 30 de junho, em Pesqueira. Dezenas de veículos seguiram o cortejo fúnebre nas últimas homenagens ao empresário Paulo Cristovam, que faleceu após 42 dias de internação.

       Paulinho veio a óbito na madrugada desta terça-feira, em Caruaru, onde lutava contra o coronavírus no Hospital Santa Efigênia. Toda a sociedade se ressentiu com a morte de Paulinho, que foi vencido pela covid-19.

       O trajeto saiu da entrada da cidade até o cemitério de Pesqueira. Passou de carro pelas principais ruas do centro e seguiu para o enterro. Devido à pandemia, o sepultamento foi como determina as diretrizes das autoridades de Saúde.

       As centenas de pessoas que foram dar último adeus a Paulinho não entraram no cemitério e nem puderam ver o corpo. “Muitas pessoas nos consolaram e o enterro obedeceu às normas estabelecidas, ninguém entrou no cemitério. Estamos passando um momento muito difícil, não só eu, como muitas pessoas estão tristes com a notícia”, desabafou Toinho, irmão de Paulinho.  

Voltar ao topo