Terça, 29 de setembro de 2020 hh:mm:ss

PREFEITO UILAS LEAL, DE ALAGOINHA, REDUZ EM 30% O PRÓPRIO SALÁRIO PARA CONTER DESPESAS

Usando as redes sociais (Facebook e Instagram), o prefeito de Alagoinha anunciou sua preocupação com o crescente número de casos do Covid-19 no país e em Pernambuco.

Publicado em 2 de abril de 2020 às 20:57
Atualizado há 6 meses

       Mesmo com todo o trabalho de prevenção para evitar casos do coronavírus em Alagoinha (que não registrou nenhum caso), o prefeito Uilas Leal quer mais. Quer intensificar e proteger as famílias do município.

       Por isso, foi hoje à noite (02 de abril) às redes sociais (Facebook e Instagram) e anunciou que vai cortar em 30% o próprio salário para conter despesas e ampliar as ações de combate ao Covid-19.

       Sereno, mas preocupado com os números oficiais (7 910 casos confirmados no país e 299 mortes), Uilas demonstrou seu senso de coletividade e que está verdadeiramente integrado na luta contra o coronavírus.

       O prefeito voltou a defender o isolamento social e se disse esperançoso, acreditando em Deus, que essa pandemia vai passar. Uilas informou que o comercio continua fechado, por força de um decreto municipal que acompanha o decreto estadual. Então, só os setores essenciais (padarias, farmácias, supermercados) estão funcionando.

       As aulas continuam paralisadas. Uilas frisou que “os próximos 14, 15 dias serão fundamentais para a vitória contra o vírus”, uma vez que os órgãos de saúde preveem o surgimento de novos casos, então “é necessário o isolamento social, mas que nunca”, reforçou Uilas.

       O prefeito lembrou que a Secretaria de Saúde de Alagoinha faz um trabalho intenso, com a dedetização de ruas e com larvicidas (que combate à dengue, Chikungunya e a Zika), além de dar orientações à população sobre a prevenção de doenças.

SALÁRIO

       O prefeito ressaltou que “faz de tudo para evitar que o coronavírus chegue ao município de Alagoinha”. Para dar exemplo dessa integração, Uilas decidiu cortar em 30% o próprio salário para conter despesas e espera que o corte não atinja o funcionalismo.

       “Estamos no maior desafio de nossa geração e como gestor, que estou na linha de frente de todo o trabalho, tomei a decisão, de reduzir o meu salário”, destacou.       

Uilas voltou a frisar que o isolamento social é importantíssimo e que a prefeitura de Alagoinha faz um trabalho sério e voltado para melhorar a vida do seu povo. “Prometo que vou trabalhar com todas as minhas forças para que o funcionalismo não seja atingido”, assegurou. Veja o pronunciamento completo do prefeito de Alagoinha, Uilas Leal.

Voltar ao topo