Terça, 29 de setembro de 2020 hh:mm:ss

REABERTURA DAS IGREJAS É ADIADA NA DIOCESE DE PESQUEIRA

Bispo Dom José Luiz anunciou a decisão hoje (24 de julho) e comunica adiamento indefinido para reabertura das igrejas na Diocese de Pesqueira, que congrega 13 cidades do interior de Pernambuco

Publicado em 24 de julho de 2020 às 13:17
Atualizado há 2 meses
CLIQUE NA IMAGEM PARA LER O COMUNICADO EM PDF LEVE.

       Após se reunir com os coordenadores das Regiões Pastorais Diocesanas de Pesqueira, ouvindo o parecer de todos, olhando a gravidade da realidade da Covid-19 nos 13 municípios do território da Diocese de Pesqueira, o bispo da Diocese de Pesqueira, Dom José Luiz Salles, decidiu adiar a abertura dos templos para as celebrações da Diocese de Pesqueira.

       A reabertura foi adiada nas cidades de Alagoinha, Arcoverde, Belo Jardim, Brejo da Madre de Deus, Buíque, Jataúba, Pesqueira, Pedra, Poção, Sanharó, Sertânia, Tupanatinga e Venturosa.

       “A difícil realidade que ora atravessamos com a pandemia da Covid-19, que nos provoca uma preocupação pastoral do cuidado, além do crescimento de casos positivos nas paróquias, áreas pastorais e reitoria nos municípios e o período climático que ora vivemos, onde as baixas temperaturas em nossas cidades fazem crescer problemas respiratórios advindos de gripes e resfriados, além dos pareceres do Vigário Geral do Chanceler de Cúria e dos Coordenadores das Regiões Pastorais da Diocese, são os motivos”, disse o bispo.

       Depois de ouvir o clero, e constatando o crescimento dos casos, movido pela preocupação primordial com a vida de cada um e de todos, Dom José decidiu adiar a reabertura das igrejas para as celebrações de todos os sacramentos e demais encontros paroquiais.

       A reabertura estava prevista, de acordo com o Comunicado 02/2020, para o dia 1º de agosto de 2020. Agora, não tem data definida.

REUNIÃO

       Dom José se reuniu com os coordenadores de Pesqueira (Pe. Fábio Lima), Arcoverde (Pe. Edson Rodrigues), Belo Jardim (Pe. Marcílio Dimas) e Brejo da Madre de Deus (Pe. João Paulo Valença), com o Vigário Geral, Padre Fábio Pereira, e com o Chanceler da Cúria, Padre Eliseu Francisco dos Santos.

       Dom José Luiz Ferreira Salles, CSsR, Bispo Diocesano, foi muito humano ao falar que foi “movido pela preocupação primordial com a vida de cada um e de todos” que tomou essa decisão.

Confira a nota oficial do Bispo sobre o adiamento na imagem ACIMA.

Voltar ao topo