Domingo, 21 de abril de 2024 hh:mm:ss

REVOLTA EM BELO JARDIM | População queria “ajeitar” criminosos presos após megaoperação policial

Após a prisão de bandidos perigosos, moradores se unem em clamor por justiça nas ruas de Belo Jardim e também agradecem ação da polícia

Publicado em 16 de janeiro de 2024 às 11:54
Atualizado há 3 meses

BELO JARDIM (PE) – Em um domingo eletrizante (14), Belo Jardim se tornou palco de uma operação policial de tirar o fôlego. Três criminosos, responsáveis por uma onda de roubos de motocicletas, foram capturados em uma ação que uniu os Batalhões 15° e 24° da Polícia Militar.

VEJA VÍDEO

        No entanto, o desfecho dessa saga desencadeou uma revolta nas ruas da cidade. A população queria fazer justiça com as proórpia mãos e “ajeitar” os bandidos. Os moradores também elogiaram a ação da polícia.

        A operação teve início em Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco, onde a quadrilha agiu com ousadia ao roubar uma moto XRE em um sítio próximo a Fazenda Nova. A PM, em uma resposta rápida e coordenada, rastreou o veículo até uma residência no distrito de Serra do Vento, zona rural de Belo Jardim.

O cerco policial foi tenso e dramático, culminando na prisão de um dos três criminosos. Os outros dois, astutos em se esconder, foram descobertos em residências próximas e capturados em seguida. Mas, ao invés de um suspiro de alívio, o que se seguiu foi um grito ensurdecedor de insatisfação por parte da população.

Durante a operação, as forças policiais confiscaram um revólver, uma arma de fogo falsa, cinco motocicletas – incluindo duas roubadas no mesmo dia – dois carros, um reboque roubado, dinheiro e dois celulares. A magnitude do crime deixou a cidade perplexa, e a reação da população foi imediata.

Os moradores, ansiosos por justiça, acompanharam a polícia nas ruas, celebrando a prisão dos criminosos. Vídeos desse momento de euforia foram amplamente compartilhados nas redes sociais, revelando uma comunidade sedenta por segurança e determinada a não tolerar mais ações criminosas.

        A identidade dos envolvidos permanece sob sigilo, alimentando ainda mais a fúria da população. As demandas por medidas mais severas contra os criminosos ecoam pelas ruas de Belo Jardim. A ocorrência será apresentada na Delegacia de Polícia Civil local, mas a pergunta que paira no ar é: será que a justiça será suficiente para acalmar os ânimos de uma comunidade que já não tolera mais a criminalidade? A resposta, apenas o tempo dirá.

Saiba Mais no Portal www.flaviojjardim.com.br (link nos stories).

Voltar ao topo