Sociedade

ACUSADO DE MATAR O PRIMO EM POÇÃO SE APRESENTA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

O acusado alegou “legítima defesa”, por que ia matar outra pessoa e “o primo se meteu” na confusão.

Por Flávio José Jardim atualizado há 4 anos
Publicado em 24 de abril de 2020, 14h06

ACUSADO DE MATAR O PRIMO EM POÇÃO SE APRESENTA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

          Jaílson Carlos da Silva foi apresentado ontem em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Ele é acusado de matar o próprio primo na cidade de Poção.

          Ao conceder entrevista, Jaílson disse que cometeu o crime em “legítima defesa”, já que a vítima foi proteger outra pessoa que ele tinha intenção de matar. “Dei uma faca nele porque ele se meteu. Eu ia matar o outro, mas ele quis bater em mim e eu o matei em legítima defesa”, contou.

          Jaílson é acusado de matar José Edson Henrique dos Santos, de 48 anos, em frente a casa da vítima, crime que chocou o município de Poção.

Você precisa estar logado para comentar. Por favor, faça login ou crie a sua conta.

Ainda não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Veja também