Sociedade

Em nota, o próprio Dom Fernando Saburido comunica que testou positivo para Covid-19

Arcebispo de Olinda e Recife anunciou o resultado nesta segunda-feira (15), após ser internado em Hospital no final de semana com sintomas leves.

Por Flávio José Jardim atualizado há 3 anos
Publicado em 15 de fevereiro de 2021, 10h41

Em nota, o próprio Dom Fernando Saburido comunica que testou positivo para Covid-19

       “No último sábado (13/02) fui internado no Hospital Esperança do Recife, na Ilha do Leite, com sintomas de Covid-19. Nesta segunda-feira (15/02), saiu o resultado POSITIVO. Estando com sintomas leves, fui liberado para cumprir quarentena em casa, sendo devidamente monitorado. Diante do exposto, preciso suspender minhas atividades até segunda ordem. Rezem por mim”.

       A nota acima, emitida por Dom Fernando Saburido, Arcebispo de Olinda e Recife, confirma que ele testou positivo para Covid-19, após resultado de exame.

       O arcebispo foi internado no Hospital Esperança do Recife, na Ilha do Leite, com sintomas de Covid-19, no último sábado, 13 de fevereiro.

       Nesta segunda (15), a informação foi confirmada pelo presidente da Comissão Arquidiocesana de Pastoral para a Comunicação Social, Padre Luciano Brito, responsável pela Pastoral da Comunicação. Ele reforçou que “está tudo bem”.

       Com sintomas leves, Dom Fernando foi liberado para se recuperar e cumprir quarentena em casa com o devido monitoramento. As atividades do arcebispo serão suspensas até a plena recuperação.

       O arcebispo não vai mais celebrar a missa das Cinzas na Catedral da Sé, em Olinda, na próxima quarta-feira, 17 de fevereiro, e também não participa com bispos, padres e lideranças pastorais do lançamento da Campanha da Fraternidade (CF) 2021.

       Dom Fernando tem 73 anos de idade e faz parte do grupo de risco. Ele expressou seu apoio à vacinação contra a Covid-19, em recentes postagens nas redes sociais.

Você precisa estar logado para comentar. Por favor, faça login ou crie a sua conta.

Ainda não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Veja também