Sociedade

SELVAGERIA | Mulher foi torturada, estuprada várias vezes e mantida em cárcere pelo ex em Saloá (PE)

O caso ocorreu em Saloá e revoltou os moradores da cidade. O ex-marido arrastou a mulher, a sequestrou e a trancou em uma casa na zona rural de Saloá. Ele foi preso

Por Flávio José Jardim atualizado há 3 anos
Publicado em 17 de março de 2021, 15h53

SELVAGERIA | Mulher foi torturada, estuprada várias vezes e mantida em cárcere pelo ex em Saloá (PE)

       Os moradores do município de Saloá (Agreste de Pernambuc0), estão revoltados com um homem que estuprou várias vezes a ex-mulher, a torturou e a trancou numa casa.  

       O homem de 37 anos foi preso na noite de anteontem (15 de março). Ele é acusado de manter sua ex-companheira, de 22 anos, em cárcere privado durante 24 horas no sítio Pau Santo, zona rural de Saloá.

       A vítima contou que o ex-marido chegou na casa do avô dela, aplicou-lhe um golpe no pescoço e a ameaçou com uma faca peixeira. Segundo as informações, ele arrastou a ex-mulher para fora da casa e a sequestrou.

       Acionadas, as polícias Civil e Militar empreenderam buscas em várias localidades, com o objetivo de resgatar a mulher. As polícias só a encontraram depois de 24 horas. A mulher estava com várias marcas de queimaduras pelo corpo e cortada de faca.

       Após buscas, os policiais encontraram a mulher numa casa abandonada no Sítio Pau Santo, zona rural de Saloá, onde a vítima estava presa e prenderam o sequestrador. Ela estava bastante machucada, com as costas queimadas e ferimentos por todo corpo. Ela disse que, após toda a violência, o plano do ex-companheiro era matá-la.

       As informações das polícias atestam que o acusado já respondeu a outros crimes no Estado de São Paulo e “é reincidente em crimes domésticos”.

       O relato da vítima é impressionante. Ela disse que no tempo em que esteve no poder do acusado, foi estuprada várias vezes.

       A mulher foi levada para o Hospital Municipal de Saloá e, apesar das torturas, se recupera bem. O elemento recebeu voz de prisão, foi conduzido para delegacia de plantão, autuado em flagrante, será levado para audiência de custódia e deve ter sua prisão decretada.

Você precisa estar logado para comentar. Por favor, faça login ou crie a sua conta.

Ainda não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Veja também