Sociedade

ARROZ E SACOLA DE CARNES | A que ponto chegamos! Bandidos estão roubando agora até gêneros alimentícios

Depois que um vídeo viralizou na internet onde um bandido rouba de uma idosa uma sacola com vários tipos de carnes, uma carga inteira de arroz some em Venturosa, cidade do agreste de Pernambuco

Por Flávio José Jardim atualizado há 2 anos
Publicado em 1 de outubro de 2021, 06h15

ARROZ E SACOLA DE CARNES | A que ponto chegamos! Bandidos estão roubando agora até gêneros alimentícios

VENTUROSA (PE) – Carne, óleo e arroz são os vilões da alta da inflação e têm se tornado um artigo de luxo na mesa das famílias brasileiras. A alta dos preços desses produtos pode ser a motivação de uma modalidade “diferente” de roubo, o de gêneros alimentícios.

       Na última quarta-feira (29 de setembro), um vídeo viralizou na internet mostrando um bandido roubando sacolas de carnes de uma aposentada, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa (PB). O homem estava armado e, no vídeo, é possível ver o momento em que o carro estaciona em frente à casa da senhora. O bandido sai e leva as sacolas de carnes.

CARGA DE ARROZ

       Já em Venturosa, cidade do agreste de Pernambuco, a ação dos bandidos foi mais ousada: eles levaram uma carga inteira de arroz, um dos maiores vilões da carestia da cesta básica.

       Policiais Militares do 3º BPM foram solicitados pela Delegacia de Arcoverde para prestar apoio no sentido de localizar uma carga roubada, cujas informações apontavam para a região de Tará, zona rural de Venturosa.

       As polícias localizaram o caminhão M BENZ/1620, cor Vermelha, que havia sido roubado por dois elementos, mas estava vazio, sem carga. Ou seja, toda a carga de arroz foi levada pelos bandidos.

       O painel do caminhão estava danificado e a chave estava na ignição. O veículo estava sem a carga de arroz, que provavelmente deve ter sido levada pelos bandidos em outros carros. Um inquérito foi instaurado.

Você precisa estar logado para comentar. Por favor, faça login ou crie a sua conta.

Ainda não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Veja também