Sociedade

EDUCAÇÃO | Partido Cidadania pede à Câmara Projeto de Lei que priorize professores na vacinação contra Covid-19

Partido enviou ofício ao presidente da Câmara de Vereadores de Pesqueira e solicita Projeto de Lei Municipal que determine professores como prioridade na vacinação

Por Flávio José Jardim atualizado há 3 anos
Publicado em 19 de maio de 2021, 17h00

EDUCAÇÃO | Partido Cidadania pede à Câmara Projeto de Lei que priorize professores na vacinação contra Covid-19

       O Partido Cidadania de Pesqueira enviou hoje (19 de maio), um ofício ao Presidente da Câmara de Vereadores de Pesqueira, Pastinha Xukuru, solicitando um Projeto de Lei que “determina a prioridade na vacinação contra a Covid-19 para professores de todas as redes de educação”.

       O partido Cidadania argumenta que o aumento expressivo do número de infecções decorrentes da COVID 19 na cidade e que “parte dos seus filiados são profissionais ligados a Secretaria de Educação e solicitaram parecer da diretoria executiva da legenda”, vem pedir para que os profissionais de Educação sejam considerados prioritários na vacinação contra a covid-19.

       O Cidadania informa que “os profissionais em educação, observando o plano municipal de imunização, não estão no grupo de prioritários para vacinação” e que “mesmo em atividade remota e no distanciamento social, os profissionais em educação estão expostos e em risco de contaminação, oriundos do desempenho de suas funções e atividades pedagógicas diárias”.

       O ofício foi enviado ao Presidente da Câmara de Vereadores de Pesqueira, Pastinha Xukuru, pedindo que “delibere junto com os seus pares, um Projeto de Lei municipal para determinar os profissionais em Educação do município de Pesqueira como “prioritários na imunização contra a covid-19”.

       O partido alega que “com essa medida, a atividade essencial docente do município e seus profissionais que laboram nos estabelecimentos de ensino e congêneres, estarão protegidos”. Uma cópia do ofício também foi enviada ao Ministério Público.

       Segundo o presidente do Cidadania, Alexandre Guedes, “o trabalho do professor é altamente importante e a vacinação trará tranquilidade a todos os profissionais em educação”.

VEJA OFÍCIO NA ÍNTEGRA

Ao Ilmo. Senhor Presidente da Câmara de Vereadores em Pesqueira PE

Senhor Presidente,

O Partido Cidadania, regularmente constituído junto a 55ª Zona Eleitoral CNPJ 33.917.459/0001-03, cumprimentando-vos, observando a função finalística de suas funções partidárias e com base no regimento interno desse casa legislativa, e o princípio da emergência :

  1. CONSIDERANDO; o aumento expressivo do número de infecções decorrentes da COVID 19 na Cidade de Pesqueira;
  2. CONSIDEDANDO; que parte dos seus filiados são profissionais ligados a Secretaria de Educação e solicitaram parecer em nossa diretoria executiva;
  3. CONSIDERANDO; que a atividade docente é considerada ATIVIDADE ESSENCIAL;
  4. CONSIDERANDO; que os profissionais em educação, observando o plano municipal de imunização, não estão no grupo de prioritários para vacinação;
  5. CONSIDERANDO; que mesmo em atividade remota e no distanciamento social, os profissionais em educação estão expostos e em risco de contaminação, oriundos do desempenho de suas funções e atividades pedagógicas diárias;

RESOLVE: Oficiar o Ilmo. Presidente para que delibere junto com os seus pares, um projeto de lei municipal para determinar OS PROFISSIONAIS EM EDUCAÇÃO DO MUNICIPIO DE PESQUEIRA COMO PRIORITÁRIOS NA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19, protegendo com essa medida, a atividade essencial docente do nosso município e seus profissionais que laboram nos estabelecimentos de ensino e congêneres;

Em tempo, encaminhar cópia do presente requerimento ao Ministério Público do Estado de Pernambuco para dizer o que entender direito. Dê-se ampla publicidade por ser matéria de ordem pública.

Em Pesqueira PE, 19 de maio de 2021

Alexandre Guedes dos Santos

PARTIDO CIDADANIA – Diretório Pesqueira

Você precisa estar logado para comentar. Por favor, faça login ou crie a sua conta.

Ainda não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Veja também