Sociedade

FAKE É CRIME | Polícia avança nas investigações sobre Fake News da Covid-19 em Poção e autor pode responder por Conduta Criminosa

Notícias falsas sobre eventos em Poção serão investigados. A prática de fake News é crime e a orientação é de que a população não divulgue notícias falsas compartilhadas através de redes sociais

Por Flávio José Jardim atualizado há 3 anos
Publicado em 23 de maio de 2021, 11h49

FAKE É CRIME | Polícia avança nas investigações sobre Fake News da Covid-19 em Poção e autor pode responder por Conduta Criminosa

       A polícia vai investigar casos de fakes news sobre o coronavírus em Poção, bem como denúncias falsas de eventos que teriam sido realizados na cidade.

Um perfil do Facebook postou (veja reprodução abaixo) notícia falsa com foto de um local que não é de Poção, afirmando que se realizava um evento em pleno tempo de isolamento social.

Pelo que está sendo investigado, a foto não é de Poção (isso já foi comprovado) e o suposto evento jamais foi realizado na cidade.

       Fakes News já são crime, mas quando envolve a pandemia a punição pode ser maior.  A área de Repressão aos Crimes de Informática deve também entrar em ação, caso necessário.

       Vale lembrar que o responsável pelo crime pode responder por conduta criminosa. O caso teve repercussão após circular nas redes sociais uma foto falsa de um local onde estaria se realizando um evento em Poção.  

       A Prefeitura de Poção, cidade do agreste de Pernambuco, bem como a Secretaria de Saúde e a Vigilância em Saúde de Poção, já se posicionaram, negando a veracidade das notícias de eventos proibidos, bem como de venda irregular de bebidas alcoólicas.

       Desde o início da pandemia, as delegacias começaram a ser preparadas para atuar no enfrentamento a este tipo de crime de divulgação de fake news.

       O caso de Poção já teve as investigações iniciadas e em breve haverá respostas. De acordo com o Ministério da Saúde, a propagação de notícias falsas pela internet é feita por pessoas mal intencionadas e deve ser considerada crime contra a Saúde Pública.

       Segundo as autoridades, “A adulteração de fotos e imagens ou atribuição de evento realizado em outro tempo ou outro local também é falsidade ideológica e crime. A conduta da pessoa pode ferir a lei de segurança nacional, pode imputar em outra conduta criminosa. A população tem que ter cuidado e atenção de não acreditar em toda notícia que recebe, principalmente o que recebe por meio de redes sociais, checar a fonte daquela informação e só então passar para a frente.

POÇÃO FAZ

       Desde o início da pandemia do coronavírus, Poção é uma das cidades com menor índice de casos. A prefeitura manteve as barreiras sanitárias, aumentou o número de leitos para pacientes com covid-19, ampliou campanhas de de saúde de prevenção e combate, distribuiu álcool em gel, máscaras e folhetos informáticos, além de realizar a imunização de idosos, grupos prioritários e profissionais de saúde. Os bares estão fechados e o decreto prevê uma série de medidas para barrar o aumento de casos em Poção.  

       Procurado pela reportagem, o prefeito de Poção Merson Vasconcelos atribuiu a emissão de Fake News a “pessoas desumanas, insatisfeitas ainda com o resultado das últimas eleições”, bem como a elementos “que tentam denegrir na região a boa imagem do atual prefeito que foi eleito para presidir o Consórcio dos Municípios (Condomar) que congrega 13 cidades do agreste de Pernambuco”.

       Merson disse ainda que a prefeitura e a equipe de Saúde realizam um amplo trabalho contra o coronavírus em todo o município. “Na última segunda-feira, por exemplo, participei de uma entrevista na rádio Vale do Acaí para divulgar as normas do novo decreto que vigota em Poção”, disse o prefeito.

       O prefeito Merson espera Justiça nesse caso das Fake News, uma vez que traz prejuízos extremos para todo o trabalho de combate a covid-19 em Poção. E pede que as pessoas observem e “fiquem atentas a esse tipo de ação falsa, que leva desinformação e mentira para o povo”.

FOTO ACIMA NÃO É EM POÇÃO, É FAKE NEWS

Você precisa estar logado para comentar. Por favor, faça login ou crie a sua conta.

Ainda não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Veja também