Sociedade

Morre adolescente de 15 anos vítima de tiro acidental de espingarda de pressão em Pesqueira

A morte foi confirmada nesta terça-feira pela manhã. João Vítor, de 15 anos, deu entrada na emergência da UPA 24h no último domingo (18 de outubro), vítima de um disparo de espingarda de pressão. Ele lutava pela vida, mas hoje (21) foi confirmada sua morte

Por Flávio José Jardim atualizado há 3 anos
Publicado em 21 de outubro de 2020, 07h05

Morre adolescente de 15 anos vítima de tiro acidental de espingarda de pressão em Pesqueira

       Um menino inteligente, respeitador, de família humilde e com um futuro promissor. Era assim como todos os moradores do bairro Centenário, em Pesqueira, vizinhos e colegas da escola Professora Bernadete Brito Miranda viam o estudante João Vítor, que morreu com apenas 15 anos.

       Ele agonizou desde domingo (18) quando foi atingido por um tiro de espingarda de pressão na cabeça, durante uma caçada com amigos, na área rural de Pesqueira.

       O menor foi socorrido em estado crítico para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h, em Pesqueira, mas devido à gravidade os médicos preferiram transferir o adolescente para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru.

       Foram dias de tensão e sofrimento para a família, desde o domingo (18) quando o caso ocorreu. Ontem (20) à noite, seu quadro clínico foi considerado “irreversível”. Dois médicos já haviam atestado a morte cerebral. Hoje pela manhã, a cidade de Pesqueira e a família receberam a notícia que o menor faleceu.

ACIDENTAL

       A polícia já iniciou as investigações para elucidar o caso, mas todas as informações indicam que o tiro que acertou o adolescente em cheio na cabeça foi acidental. O menor e amigos estavam numa caçada, quando a espingarda de pressão disparou e atingiu João Vítor.

       A vítima tinha familiares na zona rural, mas morava atualmente na Rua Santa Terezinha, no bairro do Centenário, em Pesqueira. A polícia civil já está investigando o caso, para comprovar se realmente o tiro foi acidental. Tudo leva a crer que sim, foi uma fatalidade.

COMOÇÃO

       Nas redes sociais e em grupos de WhatsApp muitas mensagens de comoção, feitas por colegas e amigos. A cidade de Pesqueira está chocada com a morte do adolescente. O corpo do adolescente deve vir para Pesqueira e ainda não foi marcado o sepultamento.

Você precisa estar logado para comentar. Por favor, faça login ou crie a sua conta.

Ainda não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Veja também