Sociedade

Pesqueira perde a Matriarca Bananeira: Falece Virgínia Bezerra de Carvalho

Filhos, esposo, amigos e parentes estão arrasados com a morte de Dona Virgínia, um exemplo de mãe, de religiosidade e de carinho

Por Flávio José Jardim atualizado há 3 anos
Publicado em 8 de dezembro de 2020, 05h55

Pesqueira perde a Matriarca Bananeira: Falece Virgínia Bezerra de Carvalho
DONA VIRGÍNIA, AO CENTRO, EM UMA IMAGEM HISTÓRICA.

        A Família Bananeira está despedaçada. Faleceu ontem (07 de dezembro) no Hospital Memorial, em Arcoverde, a professora, educadora e matriarca da família Bananeira, Virgínia Bezerra de Carvalho.

       Os filhos Luciano, Jerson, Valdir, Roberto, Cláudio, Aninha, Luiz, Maurílio e Gilvan (Pio) estão inconsoláveis. Dona Virgínia vinha sofrendo de Alzheimer e teve complicações. Ela faleceu e já deixa saudades imensas. Deixa netos, bisnetos e o viúvo seu Zé Alves, Zé da Bananeira.

       Uma mulher de fibra, uma mãe completa, uma amiga de sempre, a esposa de José Alves (Zé da Bananeira). Sempre foi assim: Virgínia um símbolo de família. De uma personalidade doce e forte, com uma inteligência fora do comum, Dona Virgínia cativava a todos.

       Até nas festas dos Bananeiras, era divertida e séria. Criou os filhos com rigor e todos, sem exceção, se tornaram referências em Pesqueira e em todo o estado. Dona Virginia tinha um dom, uma certa magia de viver bem a vida.

       Foi assim durante sua passagem pela terra. Mas, a idade, as fragilidades do corpo humano trouxeram a doença. Ela foi internada algumas vezes, mas sempre reagia. Nos últimos meses, teve uma piora, mas voltou para casa. Ontem, veio a falecer, no Hospital Memorial em Arcoverde.

       “Adeus para o melhor ser humano que conheci: MINHA MÃE.  Finalmente, o descanso merecido. Saudades, muitas saudades”, disse Jerson Bezerra de Carvalho, um dos filhos mais velhos.

       Já Luciano Bananeira, o filho mais velho, mesmo com a dor, teve a força de avisar aos familiares. Luciano, inclusive, sempre era presente na casa de sua mãe e um filho amoroso.

       Valdir Bananeira, Roberto, Cal, Pio, Maurílio, Aninha, Luiz, Jerson e Luciano, além de Zé Alves, sintam-se acolhidos e abraçados com toda a solidariedade de Pesqueira, afinal a cidade sempre referenciou a Família Bananeira.

LUTO

               “É com grande tristeza, no coração e na alma, que informamos aos nossos familiares, amigos e conterrâneos, que a nossa inesquecível e amada professora Virginia Bezerra de Carvalho (Matriarca dos Bananeiras) faleceu, na noite passada, às 23 horas, no Hospital Memorial de Arcoverde. Portanto, a nossa família enlutada convida a todos para o Velório (no Salão da Funerária Boa Fé, no Bairro do Prado, no antigo Prédio do Abrigo dos Idosos) e para acompanhar o Cortejo, que será realizado, às 16h desta terça-feira, 08.

Esposo, filhos e netos agradecem a presença de todos.

Pesqueira, 08/12/2020.”

Você precisa estar logado para comentar. Por favor, faça login ou crie a sua conta.

Ainda não há comentários para esta notícia. Seja o primeiro a comentar!

Veja também